Documentary Photography

Family Milestone - O "rebentinho de soja" cresceu....e até já foi à escola.

Filho, se eu te perguntar se é um ciclo que se completa ou um ciclo que se renova, tu provavelmente não terás uma resposta e, para nós, é claramente subjectivo.

Eras o nosso "rebentinho de soja", como te chamávamos desde que vimos a tua primeira ecografia, que se alimentava de leite materno e de amor paternal incondicional, e que, tanto eu como a tua mãe, víamos a tua ida para a escola como uma utopia, um sítio longínquo e por explorar. Para nós, serás sempre aquele "rebentinho de soja", aquele ser pequeno e frágil.

Estás uma criança feita, ou melhor, és o pequeno homenzinho da mãe e o meu mini me. As nossas barreiras paternas vão caindo, as nossas asas de protecção vão perdendo algumas penas, o caminho que vais fazer é teu, as escolhas são tuas, mas nós estaremos sempre aqui para te apoiar. O nosso desejo não é que sejas uma melhor versão de nós, tu serás a tua própria versão, porque tu és único com todos os teus defeitos e virtudes.

Ires estudar para a mesma escola primária onde eu e a tua mãe estudámos faz explodir os nossos sentimentos, faz-nos ser crianças por minutos, traz memórias que estavam guardadas num baú já fechado e poeirento.

Para esta nova etapa da tua vida, sê corajoso por nós.

Family Trip - Fortaleza de Juromenha e Templo de Diana

Fortaleza de Juromenha

Ao planear estas férias de verão e a pesquisar a zona para onde iríamos, descobri a Fortaleza de Juromenha. Esta Fortaleza fica situada mesmo ao lado do rio Guadiana, o qual faz fronteira natural com Espanha.

É um pedaço importante da nossa história, de Espanha e dos antigos muçulmanos que invadiram a Península Ibérica. Imaginem só que já foi um posto avançado dos muçulmanos para a cidade de Badajoz. Mas esta fortaleza já tem “currículo” desde o tempo celta e romano e é claro que ao longo dos séculos houve reconstruções e evoluções da mesma. Desconhecia por completo esta fortaleza, pois, por vezes, o nosso pais é só a Capital e o seu centralismo…

A Fortaleza está em mau estado de conservação e até é relativamente perigoso para os visitantes, pois há o perigo de derrocadas, que está devidamente alertado à entrada da Fortaleza.

A História não deve ser esquecida, tanto este monumento como tantos outros pelo nosso país deviam ter os serviços mínimos de restauração para que nunca esqueçamos a nossa História, sabermos de onde viemos e também que lugares merecem o nosso respeito pelo “peso” da sua História.

(Mais info: https://pt.wikipedia.org/wiki/Fortaleza_de_Juromenha)


Templo de Diana

Este monumento dispensa apresentações, julgo que seja sobejamente conhecido.

Já tinha passado por Évora no passado mas nunca tinha visitado o centro histórico desta cidade, onde se situa o Templo de Diana.

Arquitectonicamente falando, a zona envolvente ao Templo de Diana é bastante interessante, apelativa e inspiradora.

Tal como outros sítios de interesse do nosso país, este também não foge à horda invasora de turistas.

Family Holiday - Monsaraz, Alqueva

Há vários anos que desejava visitar a zona do Alqueva. Tendo em conta que fiz muito campismo na infância e adolescência com os meus pais e irmã, e também visitei alguns lugares num passado mais recente, posso afirmar que já visitei praticamente todo o nosso país continental (ahhh as ilhas :P ), no entanto esta zona estava em falta no meu portefólio cultural. Esta zona do país é bastante característica, árida, com árvores a perder de vista mas espaçadas entre si, recheada de monumentos megalíticos e com a fabulosa albufeira do Alqueva, enfim uma zona bastante bonita que merece ser visitada com olhos de ver.

Douro Sailing Xperience Fujifilm

Estava a editar algumas fotografias de uma saída de fim de semana prolongado com amigos, entretanto abro o Instagram e vejo um anúncio na página da Fujifilm, que anunciava um passatempo para uma experiência no Douro. O prémio era passear num veleiro e testar material da Fujifilm. Pensei para mim “queres ver que….“ e concorri com uma fotografia do tal fim de semana. O elemento em destaque da fotografia tinha de ser água, eu tinha várias fotografias tiradas na piscina e seleccionei uma que achei bastante engraçada pelo momento em si, com uma boa estética visual e o fundamental storytelling.

Segunda-feira dia 17 de Junho, recebo uma mensagem da Fujifilm com a boa noticia, a princípio reagi “devem ter-se enganado….“, depois vem aquele boost de adrenalina do “o quê, eu!“, depois vem o nervoso miudinho e o resto é história.

Foi uma experiência incrível e que já posso riscá-la da minha Bucket List. Mais uma vez agradeço à Fujifilm e ao Nelson Pestana, que foi o promotor do evento.

A magia do Circo

Já não sabia o que é ser criança e presenciar a magia do Circo. Seguramente a última vez que fui a um, foi no século passado, literalmente! Mas atenção foi (ainda) no século XX. Agora é fácil fazer estas piadas. :)

Ter filhos pequenos tem destas vantagens, podemos voltar a sítios ou ter experiências, sem desculpas. Com eles, é como estar a usar uma máquina do tempo e relembrar-mos como tudo era no nosso tempo. É bom voltar a essa magia e voltar.

Any given saturday morning.

É sábado de manhã. Lá fora está bom tempo. A casa está com uma luz interessante. A mãe teve de sair por cerca de duas horas e ficam em casa três exemplares masculinos. Os dois exemplares mais novos, brincam, pulam, atiram coisas, fazem birras de vários tipos, feitios ou dimensões, enfim, o quotidiano a acontecer. O exemplar masculino mais velho pega na máquina fotográfica e procura documentar, dentro do possivel, mais uma manhã de sábado como outra qualquer. Uma manhã perfeitamente normal, normalíssima!